Ano novo, casa nova: muita gente vai começar agora, em 2019, a construção da casa dos sonhos. Ao contrário do que muitos pensam, essa conquista não precisa ser sinônimo de gastos infinitos. O planejamento é a palavra-chave para quem deseja utilizar materiais de qualidade, mas sem abrir mão da economia.

Pensando nisso, a Frizzo traz 5 dicas para economizar na sua obra sem deixar a qualidade de lado. Anota aí:

 

Contrate um arquiteto e uma boa equipe

O arquiteto é quem vai colocar todos os seus desejos no papel. Ele é o profissional habilitado para projetar a residência ideal para você e sua família. Além disso, ele é responsável pelo acompanhamento da obra, evitando desperdícios e dando mais segurança.

Toda a equipe de trabalhadores também deve ser confiável e ter boas referências. Geralmente, o próprio arquiteto pode indicar profissionais com quem já tenha trabalhado. Isso tudo garante que sua obra ficará pronta no tempo previsto e que não haverá perdas de materiais ou falhas construtivas, que podem exigir reformas mais tarde.

 

Faça e compare orçamentos em diferentes lojas

Lojas que oferecem descontos isolados podem parecer atrativas, mas não geram a economia esperada na compra de todos os materiais necessários. Por isso, procure diversos estabelecimentos e compare orçamentos. Os preços dos materiais pode variar bastante e é melhor ficar atento se o desejo é poupar.

 

Negocie descontos

Comprar à vista ou em grandes quantidades pode ser sinônimo de bons descontos! Ao fazer o orçamento, sempre pergunte se há algum tipo de condição especial de pagamento caso você adquira todos os materiais por lá. Normalmente, essa estratégia economiza tempo e dinheiro.

 

Compre com fornecedores ou reutilize

Existem materiais que você pode comprar diretamente com fornecedores, como tijolos, areia, aço e esquadrias. Em muitos casos, o material sai mais barato do que em lojas e, em quantidade, ficam mais baratos. Outra ótima opção é buscar lojas de materiais de demolição, onde é possível encontrar madeiras, pisos e vidros que, além de mais baratos, dão um toque lindo na construção.

 

Siga o projeto e o cronograma à risca

Atrasos e mudanças no projeto inicial são dois dos maiores inimigos da economia. Portanto, comece a obra apenas quando você tiver certeza de que o que está no papel é realmente aquilo que você deseja. Prolongar a obra trará mais custos com mão de obra e ainda pode fazer com que muitos dos materiais estocados estraguem, trazendo desperdício.

 

Atento a tudo isso, você pode começar a obra e ter certeza de que terminará com folga no orçamento! E você, já construiu sua casa? Quais são as dicas que você daria para quem vai começar esse processo? Conte para a gente!