Ter uma horta em casa é sinônimo de praticidade e saúde. E não é só isso: vegetais frescos e livres de agrotóxicos costumam custar caro. Portanto, cultivar os próprios alimentos também significa uma bela economia. Qual tal começar logo a sua própria plantação caseira?

Para garantir que os vegetais cresçam saudáveis e bonitos, é preciso estar atento a alguns detalhes: desde o plantio até a colheita. Se você acha que não tem habilidade para isso, fique tranquilo. Com um pouco de prática e paciência, em breve, terá um banquete saudável nas refeições do dia a dia.

Nós, da Frizzo, gostamos de investir em qualidade de vida. No Residencial Verdes Campos, por exemplo, tudo é pensado para quem gosta da tranquilidade de morar perto da natureza – mesmo em meio à cidade grande. Por isso, preparamos algumas dicas para você que quer começar a plantar.

Passo um: o solo

O solo tem que ser bem preparado. Sem as condições propícias, é difícil que as sementes e mudas vinguem! Primeiro, escolha um lugar que receba luz solar direta por algumas horas do dia. Nesse espaço, prepare a terra para equilibrar o solo e garantir os nutrientes para os vegetais. Como fazer isso? Seguinte, misture a terra a uma parte de composto orgânico ou adubo e a uma parte de areia. Também garanta que não existam pedras no canteiro. Deixe a terra fofa para que as sementes tenham por onde brotar.

Passo dois: escolha bem o que plantar

Você tem um quintal para plantar? Então, vale tudo: aproveite o espaço para cultivar legumes, verduras e temperos. Mas é preciso ter um cuidado bastante especial com as plantas que dividirão o mesmo espaço. Existem raízes – como as da salsinha – que tomam conta do solo e acabam matando o que tenta crescer na volta. Portanto, tire suas dúvidas na própria floricultura e combine os vegetais que podem crescer juntos. As plantas com raízes mais abundantes podem ser colocadas separadas, em vasos ou floreiras.

Quer saber algumas combinações que dão certo?

  • O manjericão pode ser cultivado junto com os tomates porque eles possuem praticamente as mesmas necessidades;
  • Cultive as cenouras junto com as alfaces;
  • Alecrim, sálvia e tomilho são temperinhos que precisam dos mesmos cuidados;
  • Se você gosta de pimentas, hortelã e salsinha, prefira plantá-las separadas das demais.
Passo três: regue, faça podas e proteja

Cuide bem da sua horta! Ela precisa de água para que cresça saudável. Regue-a diariamente, com cuidado para não manter o solo encharcado demais. Plantas que estão em vasos devem ter por onde escoar a água para que as raízes não apodreçam. Além disso, faça podas regularmente: tire folhas secas e doentes. A poda também estimula a produção de novas folhas e, por isso, é sempre bem-vinda.

Proteja seus vegetais do vento excessivo e do ataque de pragas. Uma boa dica para afastar lagartas, por exemplo, é plantar mudas de capuchinha entre os vegetais. Como essa flor atrai os insetos, as hortaliças ficam a salvo de ataques.

Agora, você já pode cultivar uma horta no próprio pátio. Além de manter a saúde, a jardinagem também é um bom hobby para descansar a mente e diminuir o estresse do dia a dia.

Caso você ainda não tenha espaço para o cultivo, conheça o Residencial Verdes Campos. O bairro planejado de casas é rodeado de área verde, sossego e segurança dentro de Porto Alegre. Muitos moradores já desfrutam do prazer e comodidade de plantar os próprios alimentos. Fale com a gente e conheça a região.