Construir uma casa do zero é um grande desafio, mas que pode valer muito a pena, já que o morador vai ter o privilégio de ter uma casa de seu jeito e, muitas vezes, pode custar um pouco menos do que comprar uma casa já pronta.

Contudo, antes de mais nada, é preciso planejamento. É necessário fazer uma avaliação do que é preciso para construir essa casa, além de um levantamento de todos os custos envolvidos. Mas é claro que isso depende de vários fatores, como localização, tamanho da casa, arquitetura da casa e acabamentos.

De qualquer forma é preciso sondar para ver se é possível prosseguir com isso ou não, para só assim desenvolver um projeto junto com um arquiteto para de fato ter números mais precisos. Pensando nisso, o blog da Frizzo preparou um artigo para você ter como base todos os custos para construir uma casa do zero. Prepare o lápis e o caderno!  

Terreno

Antes de mais nada você precisa escolher o terreno onde essa casa será construída. É claro que o tamanho deste e a localização vão interferir no valor. Mas é importante pensar também o quanto você vai ter que gastar com a limpeza do terreno, nivelamento do solo e etc. Ou seja, antes mesmo de pensar na construção propriamente dita você precisa considerar esse item. Contudo existem algumas empresas que já vendem o terreno pronto, além de contar com toda uma infraestrutura ao redor. Basta apenas construir.

O tamanho da casa

É isso que vai nortear o quanto a obra pode custar. Lembrando que isso é apenas para ter uma base, já que os materiais utilizados na construção devem fazer com que o preço suba bem mais. Caso você não faça ideia da metragem de sua futura casa, no site soprojetos.com.br você escolhe uma planta que se adapte às suas necessidades em que aparece a área total do projeto. Guarde este número, pois você vai utilizá-lo daqui a pouco.

Materiais e acabamentos

É aqui que a maior parte do dinheiro será investido. Você vai gastar com tijolos, argamassa, vergalhões de aço, canos, fios elétricos etc. Quantos aos acabamentos, são eles que farão toda a diferença no custo final da obra. Por isso, antes de começar a construção, é imprescindível fazer uma pesquisa de mercado com todos os tipos de acabamentos que vão ter na sua casa (pisos, acabamentos de parede, louças, telhas etc) e de quanto tudo isso vai custar. É nessa etapa que você deve definir qual será o padrão dos materiais utilizados na construção de sua casa: baixo, normal ou alto. Outra opção é mesclar o padrão, deixando materiais de mais qualidade apenas em algumas áreas da casa, conforme o seu gosto e as necessidades de sua família.

Mão de obra

Aqui você tem várias opções. A escolha dela vai depender da velocidade que você deseja que a obra seja feita, da qualidade desejada e, claro, do orçamento disponível. Você pode optar por contratar uma construtora ou empreiteira cujo custo pode ser mais alto, ou um profissional com uma equipe pequena. Na primeira opção você vai apenas desenvolver um projeto junto a um engenheiro da empreiteira, mas o valor será bem mais alto. Já na segunda opção, dependendo da empresa responsável pela construção você terá que contratar um engenheiro para projetar a obra e fazer com que ele conduza essa pequena equipe ao longo de todas etapas para que tudo saia conforme o planejado. Ou, embora arriscado, você mesmo pode gerenciar a obra. Claro que a segunda opção será bem mais barata, logo é preciso que você conheça o trabalho desta equipe e qual a prioridade que a obra tem.

Ou seja, até aqui percebe-se que o valor para construir uma casa do zero pode variar muito. Ainda assim existe um calculo para você ter como base de quanto tudo isso pode custar. Confira abaixo!

Valor como base

Para você ter uma base de quanto construir sua casa do zero vai custar, foi criado os “Custos Unitários Básicos de Construção” (CUB/m²), que são estimativas para o custo por metro quadrado de uma obra em diferentes localidades. Para isso é preciso definir qual será o padrão de acabamento da casa e em qual estado ela será construída. Confira abaixo:

Padrão – Descrição / Área Real em m²

R1-B Residência unifamiliar padrão baixo: 1 pavimento, com 2 dormitórios, sala, banheiro, cozinha e área para tanque. Área m²: 58,64

R1-N Residência unifamiliar padrão normal: 1 pavimento, 3 dormitórios, sendo um suíte com banheiro, banheiro social, sala, circulação, cozinha, área de serviço com banheiro e varanda (estacionamento para carro). Área m²:  106,44

R1-A Residência unifamiliar padrão alto: 1 pavimento, 4 dormitórios, sendo um suíte com banheiro e closet, outro com banheiro, banheiro social, sala de estar, sala de jantar e íntima, circulação, cozinha, área de serviço completa, varanda e estacionamento. Área m²  224,82

Tendo em mente o padrão de acabamento de sua casa, é necessário verificar quanto está o custo por metro quadrado no seu estado. No Rio Grande do Sul o custo por m² de uma residência com padrão de baixo acabamento está por  1.376,20. Já o custo por m² de acabamento normal está R$ 1.730,10. Por fim, o m² de padrão alto está R$ 2.157,59. Confira abaixo o relatório no relatório desenvolvido pelo Sinduscon-RS com os preços atualizados do m² para o RS:

 

Lembra quando mencionamos no item “O tamanho da casa” para você anotar o número da área total do projeto que você fez no site soprojetos.com.br para ter como base qual será o tamanho de sua casa? É o momento de calcular quanto está o custo por m² no seu estado com base na qualidade dos acabamentos (como exibido na tela acima) de acordo com a metragem quadrada de seu imóvel.

Mas lembre-se que ainda é necessário você levar em conta todas as despesas administrativas, que também variam conforme o local da construção. O valor por m² com despesas administrativas na região Sul é o mais caro, com o valor de R$ 58,31. No Sudeste o valor é de R$ 42.98, enquanto na região norte é de R$ 42,60.

Logo se você mora na região sul você gastará R$5.831 com despesas administrativas. Não esqueça de contabilizá-lo no seu orçamento!

Terminou o cálculo? É claro que esse número é apenas para você ter uma base, mas ele é muito importante para você que precisa de um norte para começar a construção de sua casa do zero. Gostou das dicas? Então nos acompanhe em nossas redes sociais para mais novidades sobre nossos empreendimentos e sobre tudo o que acontece em nosso blog.